Aldo Matos/Acorda Cidade

O primo da vítima é o principal acusado pelo crime | Foto: Aldo Matos

O ajudante de pedreiro Janailson Moura da Silva,  21 anos,  que morava na Travessa  Hozanita, no bairro Alto do Papagaio, foi assassinado a pedradas e cacetadas na cabeça e no tórax, também na noite de ontem, na Estrada do Papagaio, no povoado Santa Rita, mesmo bairro. 

O pedreiro Carlos André de Andrade Silva, 21 anos, primo da vítima, é o acusado do crime. Ele foi preso por uma equipe da Lobo 30, da 66ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). Em entrevista ao Acorda Cidade, o acusado declarou que os dois discutiram e que a vítima o agrediu com um cacete e ele reagiu. Os dois estavam bebendo quando houve a discussão.  Carlos André disse que uma obra foi o pivô da briga. (Acorda Cidade)