Vinte e cinco postos de combustível de Feira de Santana, foram autuados por infrações flagradas durante uma fiscalização realizada no último sábado (17) na cidade. Esta foi a primeira ação da Força-tarefa de Combate à Comercialização Irregular de Combustíveis no estado da Bahia. A cidade foi escolhida por ser o maior entroncamento rodoviário das regiões Norte e Nordeste do Brasil. Lá, foram fiscalizados 31 postos revendedores de combustíveis, equivalentes a 38% do total da cidade, e lavrados 25 autos de infração. 

Entre eles, cinco postos revendedores foram autuados pela infração conhecida como bomba baixa, quando o combustível colocado no veículo é inferior ao total mostrado na bomba, quatro por vazamento nas bombas, dois por terem o lacre do Inmetro rompido, dois por não terem o equipamento de análise de combustível completo, dois por estarem sem o balde aferidor, nove por estarem comercializando lubrificantes e outros produtos vencidos e um por estar vendendo GLP sem as medidas de segurança exigidas. Todos os postos autuados poderão ser multados pelas infrações encontradas. A operação teve início no sábado e foi realizada por três equipes conjuntas composta pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz), Instituto Baiano de Metrologia e qualidade (Ibametro),  Ministério Público do Estado da Bahia e pelo Procon de Feira de Santana. Outras fiscalizações serão feitas na Bahia nos próximos meses. (Correio)