Acorda Cidade
PF-FEIRA

Foram necessárias 41 sacolas grandes para transportar a mercadoria apreendida em um caminhão | Foto: Acorda Cidade/Reprodução

Após a apreensão de milhares de relógios contrabandeados e falsificados no dia 13 de novembro deste ano, Receita Federal, em ação conjunta com a Polícia Civil, apreendeu cerca de quatro mil pares de tênis em um depósito localizado no Feiguaray, na manhã desta quinta-feira (18), em Feira de Santana. De acordo com a delegada Carla Ramos, foram necessárias 41 sacolas grandes para transportar em um caminhão, a mercadoria apreendida. Segundo ela, a origem dos tênis com marcas falsificadas será investigada, mas a principal suspeita é de que vieram da China. “O objetivo desta operação é coibir a venda de produtos falsificados ou contrabandeados. Sabemos, inclusive, que o mau uso de tênis acarreta em diversas lesões nos consumidores principalmente nas articulações e todo tipo de produto falsificado deve ser combatido”, informou a delegada. Segundo ela, a polícia chegou ao depósito após investigações. O proprietário da mercadoria não foi localizado e ninguém foi preso. “Os tênis apreendidos ficarão retidos na Receita porque, além do procedimento criminal, tem o procedimento administrativo que tem como pena a perda dos bens e multa”, informou. Carla Ramos informou também que um inquérito policial foi aberto para identificar o dono dos produtos falsificados e que as operações de combate ao contrabando vão continuar. Duas equipes da Polícia Civil, compostas por dez policiais, e outras duas equipes da Receita Federal, com dez agentes, participaram da operação que contou com o apoio da secretaria da Fazenda, através dos balanceiros e do caminho usado para levar as mercadorias.