O empresário Ivanor Tozzo, 57 anos,  foi preso na casa onde mora, localizada no bairro Santa Mônica II, em Feira de Santana, por policiais civis da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), acusado de exploração sexual contra menores de idade. O mandado de prisão preventiva foi decretado pelo juiz titular da 1ª Vara Crime da Comarca de Feira de Santana,  Armando Duarte Mesquita Junior.

No local foram apreendidos um rifle, uma espingarda, fotografias  e filmes pornográficos. O material apreendido será periciado. De acordo com a Delegada Patrícia Brito, o acusado estava sendo investigado desde 2009 e nas últimas semanas a polícia estava realizando diligências para localizá-lo  e buscar provas do crime. As vítimas são do sexo feminino e, segundo  a polícia, a maioria delas não tinha outro meio de acusá-lo a não ser pelo próprio testemunho.

Ainda segundo a polícia, a exploração ocorria na residência do empresário, que negou as acusações. Em entrevista ao Acorda Cidade, ele disse que estava trabalhando, que tem 80 funcionários,  é separado e que há pessoas que querem se aproveitar disso.

Aldo Matos/Acorda Cidade“Estou sem palavras, não sei o que responder. Eu tive um problema no passado com minha noiva, mas eu nunca tive envolvimento com criança nenhuma. Eu sou uma pessoa sozinha, sou comerciante, e tem muita gente querendo tirar proveito da situação. Se alguém provar que eu tenho envolvimento pode me segurar pelo resto da vida”, disse o empresário. A delegada Patrícia Brito informou que o acusado será encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana. (Acorda Cidade)