O município chegou a prorrogar outras duas vezes o estado de emergência e permanece nesta situação desde setembro de 2011

A Prefeitura de Feira de Santana publicou no último sábado (2) um decreto declarando situação de emergência nas regiões do município afetadas pela estiagem. O município chegou a prorrogar outras duas vezes o estado de emergência e permanece nesta situação desde setembro de 2011, quando a estiagem prolongada já castigava a zona rural. O decreto prevê, entre outras coisas, o abastecimento de água potável com carro-pipa para mais de mil tanques comunitários nos distritos de Feira de Santana. De acordo com o decreto, a medida foi tomada “considerando a permanência das condições climáticas que motivaram o decreto n° 8.378, de 10 de setembro de 2011 e decreto n° 8.510 de 19 de janeiro de 2012, decreto n° 8.864 de 11 de janeiro de 2013″.

A gestão municipal aponta a necessidade do abastecimento “nos tanques comunitários que perfazem 1.085 unidades distribuídas nas inúmeras comunidades dos 8 distritos que compõem a abrangência territorial deste município”. Com a situação de emergência declarada, fica autorizada a mobilização dos órgãos municipais para atuarem sob coordenação da gestão municipal de proteção e defesa civil, nas ações de combate à seca. (G1/Bahia)