Quatro pessoas de uma mesma família, entre elas uma adolescente e uma criança, morreram na manhã desta terça-feira (10), na BR-324, em uma curva próxima à cidade de Tanquinho. O veículo Fiat Uno, de placa JPV-3504, licença de Santo Estevão, colidiu frontalmente com um caminhão amarelo, licença de Salvador, carregado de abacaxi e ficou totalmente destruído. O acidente aconteceu por volta das 6h40 e segundo informações de testemunhas, o Uno não tentou fazer ultrapassagem na faixa contínua.  

O condutor, identificado como Aurílio Pereira de Lima, 41 anos, se perdeu na curva e houve o acidente. Ele estava com a esposa Evanice Pereira dos Santos Matos, 35 anos, e as filhas Evelin Matos de Lima, 13 anos, e Cintia Matos de Lima, 11 anos. Os ocupantes do Uno ficaram presos entre as ferragens e morreram no local. O Corpo de Bombeiros foi acionado para removê-los do veículo. Eles estavam em Campim Grosso e seguiam para Salvador. Segundo informações, a garotinha de 11 anos ainda estava com vida após o acidente e pediu socorro, mas não resistiu.

O motorista do caminhão, que estava indo para Tanquinho, foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos. Pessoas que moram próximas ao local reclamam de problemas com a sinalização e frequentes acidentes, no trecho conhecido como “Curva da Morte”. (Acorda Cidade)