Manifestantes levaram cartazes (Foto: Paulo José/Acorda Cidade)

Uma sessão especial da Câmara Municipal de Feira de Santana foi interrompida por manifestantes nesta quinta-feira (27). Membros do movimento Vem Pra Rua Fsa reivindicam tarifa de ônibus a R$ 1,80, passe livre para estudantes e a criação de uma CPI do Transporte Coletivo. A Câmara de Feira entra em recesso esta semana e não tem sessão amanhã. Hoje, acontecia uma sessão especial para tratar da anemia falciforme, com a presença somente de três vereadores – o presidente Justiniano França, Neinha e Isaias de Diogo. Com a confusão, três pessoas que assistiam à sessão passaram mal e foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A Polícia Militar foi chamada. 

Reivindicações
O presidente da Câmara disse ao Acorda Cidade que nem todas as questões pleiteadas podem ser atendidas pela casa e que para se abrir uma CPI “é preciso ter indícios que comprovem as irregularidades”. Sobre as críticas de que os vereadores estão tirando férias em um momento tenso da cidade, ele disse que se tratam apenas do recesso nas sessões legislativas. Uma reunião deve ser marcada com líderes da manifestação e a comissão de urbanismo da Câmara para discutir a pauta.  A sessão sobre doença falciforme será remarcada. (Acorda Cidade)