WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia

Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

Foragido da operação antiterrorismo da PF se entrega em Mato Grosso

Do G1 MT
232990_ext_arquivo

Foto: Divulgação

Suspeito de ligação do Estado Islâmico, Valdir Pereira da Rocha, que estava foragido, se entregou nesta sexta-feira (22) à Polícia Federal na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade, a 562 km de Cuiabá. Além de Valdir, a Polícia Federal havia prendido outros dez suspeitos de planejar um ataque durante a Olimpíada, na Operação Hashtag. Um suspeito de integrar o grupo segue foragido. Eles são suspeitos, segundo o Ministério da Justiça, de terem realizado “atos preparatórios” visando ações terroristas. Segundo a Polícia Federal, Valdir se entregou a uma equipe de policiais por voltas das 18h [horário de Mato Grosso]. Ele deve ser ouvido e depois encaminhado a um presídio federal. Ainda segudo a PF, por questão de segurança, o local para onde ele será  levado não deve ser divulgado. 

(Correção: Ao ser publicada essa reportagem, o portal G1 errou ao informar que o suspeito que se entregou era Leonid El Kadre de Melo. Trata-se, na verdade, de Valdir Pereira da Rocha. O erro foi corrigido às 20h28).

1 resposta para “Foragido da operação antiterrorismo da PF se entrega em Mato Grosso”

  • JOSE PLINIO DE OLIVEIRA disse:

    É surpreendente como cidadãos jovens não comprovadamente descendentes de árabes têm se interessado pelas ideologias do Estado Islâmico, inclusive no Brasil. Respeitadas as ideologias e os interesses hegemônicos do capitalismo ocidental dominante, excludente, sectário e injusto será que as autoridades do Brasil, por exemplo, com tantos exemplos históricos e crônicos de corrupções depravadas e de injustiças hitlerianas colabora com exemplos respeitáveis para dissuadir a juventude de ideologias extremistas? O que é o Estado Islâmico? O que se sabe dele é o que é fabricado e vociferado pelos discursos colonialistas dos Estados Unidos da América. Mas qual é a verdade sobre o Estado Islâmico que tanto apavora as grandes potências mundiais e passa a atrair simpatizantes jovens de países do Terceiro Mundo como o Brasil? Será que somente o emprego do aparelho policial do Estado é suficiente para erradicar essa ideologia extremista em um país do Terceiro Mundo como o Brasil? Será que exemplos elevados, convincentes, dignos e incólumes da parte de Autoridades Constituídas da República Federativa do Brasil em consonância como uma Educação Escolar Pública de Qualidade e Inclusiva podem conduzir a geração jovem do Brasil a abdicar de ideologias hediondas em favor da PAZ para todos os Povos do Mundo?

    José Plínio de Oliveira

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia