RS_Ex-presidente-Lula-durante-ato-no-sindicato-metalurgicos-do-ABC_008

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou os avanços sociais alcançados por seu governo ao jornal inglês ‘The Guardian’, em entrevista publicada nesta segunda-feira (4). O petista disse ainda que é possível uma candidatura nas próximas eleições presidenciais, mas tudo dependerá do seu partido. “Gostaria que outra pessoa concorresse. Eu saí com 87% de aprovação. Eu fui o melhor presidente da história do Brasil. É quase uma missão impossível tentar repetir esse desempenho. Eu teria que competir contra mim mesmo”, declarou Lula. O ex-presidente também criticou a condução da Operação Lava Jato, inclusive quanto ao papel da mídia na divulgação das informações. Segundo o petista, existe um “acordo” entre parte da mídia, de procuradores e da polícia para destruir sua imagem, numa tentativa de impedi-lo de concorrer em 2018. O ex-presidente ainda disse à publicação, de acordo com O Globo, que está tranquilo em relação a processos decorrentes da Lava Jato. “Saberemos se as alegações são verdadeiras ou não”, disse.