2397567_FULL-LND

De Bruyne marcou pela primeira vez na Copa do Mundo
Foto: Getty Images

Foi um jogo emocionante, disputado em ritmo alucinante e com uma chance clara atrás da outra. E os gols, que não saíram por pouco no tempo normal, apareceram aos montes na prorrogação, para deixar a última partida de oitavas de final ainda mais nervosa.  Se não chegaram a manter a incrível média de gols da Arena Fonte Nova (de 5,25 em quatro partidas), Bélgica e Estados Unidos ao menos fizeram mais um duelo emocionante, em Salvador.

2397523_FULL-LND

Tim Howard faz grande partida e evita goleada da Bélgica
Foto: Getty Images

Os americanos poderiam ter deixado a capital baiana com uma goleada não fosse a grande atuação do goleiro Tim Howard, eleito craque do jogo pela FIFA. No fim, a Arena Fonte Nova confirmou sua mística de grandes duelos e deu mais sorte à Bélgica, que venceu a valente seleção dos Estados Unidos no tempo extra, por 2 a 1 – com gols de Lukaku e De Bruyne –, para garantir o duelo contra a Argentina nas quartas de final da Copa do Mundo. 

Redação Notícias de Santaluz