O Ministério da Educação deve lançar, esta semana, um programa para “incentivar” estudantes do ensino médio de escolas públicas a seguir carreira nas áreas de ciências exatas e biologia. O Programa Quero ser Cientista, Quero ser Professor, que inclui profissões consideradas de boa remuneração, como as ligadas à química, física, matemática e estudos naturais, vai conceder bolsas de R$ 150 aos alunos para motivar a dedicação ao estudo das disciplinas.

A expectativa é oferecer inicialmente 30 mil benefícios e ampliar gradualmente até 100 mil. Os estudantes terão supervisão de um orientador que contará com o apoio de universidades. O profissional também receberá o benefício, mas o valor não foi divulgado. (BN)