Extra
papa-francisco

O Papa Francisco ficou aflito com a notícia | Foto: MAX ROSSI / REUTERS

Uma secretária do Papa Francisco foi encontrada morta em seu apartamento em Roma, na Itália. Miriam Wuolou, de 34 anos, estava grávida de 7 meses. Segundo a imprensa italiana, ela trabalhava como uma espécie de recepcionista do pontífice, assim como de bispos e cardeais da pousada Santa Marta. O Papa optou por viver na pousada Santa Marta em 2013, rejeitando os apartamentos papais grandes. Miriam tinha um tipo grave de diabetes que levou os médicos a alertarem que sua gravidez estava em risco. Segundo o “Il Messaggero”, a polícia está investigando o caso e entrevistou membros da família, além do ex-marido e o atual namorado dela. O primeiro exame do cadáver não mostrou sinais de violência. O corpo de Miriam foi encontrado pelo irmão, na sexta-feira, depois de ficar sem notícias dela. A autópsia foi realizada e um exame de DNA será realizado no feto. Um porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, disse que o “Papa Francisco havia sido informado da morte e estão todos aflitos por esta notícia”.