Ed Santos/Acorda Cidade

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Um homem foi preso sob a suspeita de ter sequestrado e torturado a ex-companheira, que está grávida, durante cinco meses. O crime ocorreu em Feira de Santana, e o suspeito foi detido na segunda-feira (17). Segundo Clécia Vasconcelos, titular da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (DEAM), ela foi mantida em cárcere privado de outubro de 2013 até o dia 13 de fevereiro de 2014. O homem já havia sido preso em junho de 2013 após ameaçar a ex-companheira de morte e, de acordo com a delegada, as agressões teriam ocorrido como represália pela prisão do suspeito.  “Ele dizia que ela ia pagar pelo mal que fez a ele”, conta Clécia Vasconcelos. Após escapar do cativeiro, a vítima procurou a polícia, que retornou ao local e prendeu o homem. Ele irá responder pelos crimes de tortura e cárcere privado. A mulher foi encaminhada para um hospital, de onde já teve alta médica. A delegada afirma que ela não chegou a perder o bebê. “Ela está muito abalada psiciologicamente. Fiquei estarrecida com o caso. Nunca vi algo assim. Ela tem o rosto todo cortado, um olho cego. Mas a lesão psicológica é a mais difícil”, conta a delegada. Com informações do G1.