tucano1

Agentes foram capacitados antes de assinatura de convênio | Foto: Reprodução/Febaguam

Foi assinado nesta quarta-feira (19), convênio entre a Polícia Federal e a Guarda Civil Municipal de Tucano (GCM), para expedição de porte de arma de fogo institucional aos guardas do município. Para a obtenção do porte, os agentes foram submetidos à avaliação psicológica e participaram de curso preparatório com aulas teóricas e práticas para ministradas por um instrutor credenciado de armamento e tiro na Polícia Federal, entre outros requisitos. Segundo a Federação Baiana das Associações dos Guardas Municipais (Febaguam), a corporação é a primeira do território do sisal a assinar o convênio com a PF. O porte de arma de fogo aos guardas municipais é parte da lei que instituiu o Estatuto Geral das Guardas Municipais, sancionada pela ex-presidente Dilma Rousseff. A norma insere as guardas municipais no sistema nacional de segurança pública, garante o porte de arma e dá a esses profissionais o poder de polícia. O objetivo é que eles tenham o dever de proteger tanto o patrimônio público como a vida das pessoas. O direito, no entanto, pode ser suspenso caso haja irregularidades.

Redação Notícias de Santaluz