daniel-alves-aconselha-diego-costa-a-pensar-mais-sobre-decisao-em-atuar-pela-espanha

Daniel Alves revela: ‘Antes da Copa, o Guardiola queria treinar o Brasil, e não quiseram’.

Na véspera do aniversário de um ano da goleada sofrida pela seleção brasileira, por 7 a 1, para a Alemanha, Daniel Alves fez uma importante revelação: Pep Guardiola desejou treinar o Brasil e prometeu ter um projeto para levar a equipe ao hexa em casa, mas foi ignorado. Em entrevista ao programa Bola da Vez, do canal por assinatura ESPN Brasil, o lateral direito do Barcelona falou sobre a intenção do técnico catalão em comandar a seleção na Copa de 2014. Só que o medo de o povo não aceitar um estrangeiro atrapalhou. “Eu pago por ser linguarudo, mas não conto mentira. Antes da Copa, o Pep queria treinar a seleção brasileira e não quiseram. O Pep falou que queria fazer a gente campeão do mundo e tinha toda a estratégia e não quiseram. Falaram que não sabiam se o Brasil iria aceitar. Se não aceitamos o melhor do mundo, que pode nos fazer melhores, você não se preocupa com a seleção brasileira”, disse. “Desde que eu estou na seleção, ele já tinha o time na cabeça, já tinha a equipe que ele queria para treinar o Brasil”, aumentou. Daniel Alves também revelou que Guardiola tinha o plano de receber apenas se o trabalho desse o resultado esperado pelo povo e mostrou indignação com o fato de o técnico não ter sido aceito na seleção. “O Pep é o melhor treinador do mundo. O cara mais gestor esportivo que eu vi. Um cara que revolucionou o futebol, um time, uma equipe. Tivemos a chance de ter o cara sem ter que gastar, se o problema é dinheiro. A intenção dele era só receber se tivesse o resultado esperado pelo povo brasileiro. Você deixa passar uma oportunidade dessa? Você não pensa na seleção brasileira”, afirmou.