1466182347Hemoba

Luzense Marinho Marques (centro) é diretor-geral da Hemoba | Foto: Ascom

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) recebeu nesta sexta-feira (17), em cerimônia realizada pelo Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome), vinculado ao Instituto Nacional do Câncer (Inca), em São Paulo, o Prêmio Dr. José Roberto Feresin Moraes de Cooperação ao Redome. Segundo a ssessoria de imprensa da Hemoba, a honraria representa o reconhecimento pelo trabalho que a instituição tem desenvolvido ao longo dos últimos anos, buscando aumentar o cadastramento de doares voluntários. Os dados registrados pela Hemoba apontam um crescimento significativo do número de possíveis doadores cadastrados, que ultrapassou 30%, somente no último ano. O diretor-geral da instituição, Marinho Marques, que é natural de Santaluz, recebeu o prêmio ao lado da coordenadora do setor de Captação de Doadores, Iara Matos. Na ocasião, o Marinho expressou satisfação pelo prêmio, que mostra “todo o compromisso da instituição, funcionários e parceiros com a vida. Representa o reconhecimento de um trabalho que vem sendo realizado ao longo dos últimos anos, em todas as 27 unidades da Hemoba, além das campanhas externas”.

Redação Notícias de Santaluz