Share Button

Por G1 Zona da Mata

Foto: PM/Divulgação

Um homem, de 34 anos, é suspeito de ter matado o ex-cunhado e o atual namorado da ex-companheira dele em Astolfo Dutra (MG). Segundo a Polícia Militar, depois dos crimes, que ocorreram entre a segunda (16) e terça-feira (17), ele escreveu mensagens bíblicas em paredes e tirou a própria vida.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o suspeito invadiu a casa do ex-cunhado e efetuou 3 disparos de arma de fogo. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu. Após o crime, o homem fugiu em uma motocicleta.

Posteriormente, a PM foi acionada a atender outro registro de homicídio no município. Desta vez, o atual namorado da ex-companheira do suspeito foi encontrado morto, com sinais de violência pelo corpo e as pernas amarradas.

Na parede do quarto da vítima, estava escrita a mensagem bíblica “Jó 38.11”. “E eu lhe disse: Você chegará até este ponto e daqui não passará. As suas altas ondas pararão aqui.” Conforme os militares, o mesmo trecho foi desenhado na residência do primeiro caso.

O suspeito dos dois crimes foi encontrado caído, sem vida, e com uma perfuração por arma de fogo na cabeça. A PM acredita que ele tenha se suicidado.

Na ocasião, um morador de rua foi ver a situação e passou mal. Ele foi socorrido em estado grave pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Até a última atualização desta matéria, não havia informações sobre o estado de saúde dele.