Maria Musitano, 94 anos, aparentemente morreu de causas naturais há mais de um ano. Ela compartilhava a casa na cidade de Delianuova, na Itália, com seu filho, Igino, que confessou usufruir de sua pensão mensal de cerca de R$ 3.200 após a morte de sua mãe. De acordo com a publicação do “The Local”, a polícia foi alertada depois que os vizinhos, na cidade de 4.000 habitantes, começaram a suspeitar que havia algo errado por conta do cheiro que vinha da casa. Cada vez que se perguntava por sua mãe, Igino costumava desviar a conversa e inventava desculpas para “sair de cena”. (Bocão News)