Do Bahia Notícias
xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.2Th2WMVcqj

Foto: Evilásio Júnior/Bahia Notícias

A novela entre médicos e a Bradesco Saúde segue sem resolução. Paralisados desde o dia 25 de junho, os profissionais em reunião na Associação Baiana de Medicina nesta terça-feira (29) decidiram pela continuidade da greve. Uma ação civil pública foi encaminhada à Justiça do Trabalho com audiência marcada para 27 de outubro. Para não esperar que o desfecho dure quase três meses, o Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed) entrou com um pedido de audiência de justificativa. “Nós vamos tentar esta ação pela relevância pública do caso”, disse Francisco Magalhães ao Bahia Notícias. A pauta de reivindicações continua a ser a atualização dos honorários médicos de acordo com a planilha de Classificação Brasileira de Procedimento e Honorários Médicos (CBHPM). “Basicamente o que a gente quer é o reajuste desses dez anos”, diz Magalhães.