1409246822IMG_20140828_133548

Novos frigoríficos têm capacidade para abate de 30 animais/dia – podendo chegar a 100 | Foto: Ilustrativa

A Secretaria da Agricultura (Seagri) iniciou no final de outubro a construção de matadouros frigoríficos em onze municípios da Bahia, entre eles Araci e Valente, no Território do Sisal (nordeste baiano). Os equipamentos têm capacidade para abate de 30 animais/dia – podendo chegar a 100 -, e vão criar condições de garantia de consumo de carne saudável, atendendo às demandas dos demais municípios que englobam estas regiões.

De acordo com o diretor geral da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Paulo Emílio Torres, “o projeto busca combater o abate clandestino, atender à demanda de municípios que não dispõem de frigoríficos e oferecer à população carne saudável e de qualidade”. Ele ressalta ainda que, além de garantir o aumento do abate inspecionado, fomenta a geração de emprego e renda para o homem do campo.

Novos frigoríficos também estão sendo construídos nas cidades baianas de Barra (Vale do São Francisco), Iguaí, Paramirim (centro sul), Itaberaba (centro norte), Itanhém, Medeiros Neto (sul) e Santa Rita de Cássia (extremo oeste). Os novos equipamentos somam-se às unidades de Bom Jesus da Lapa (Vale do São Francisco) e Morro do Chapéu (centro norte), também em construção, e mais duas em Valença (sul) e Remanso (Vale do São Francisco), em fase de contratação das empresas, que têm capacidade para abater 100 animais/dia.

Redação Notícias de Santaluz