LUIZINHO

Presidente da Câmara pode assumir prefeitura de Irecê. (Foto: Divulgação)

Luiz Pimentel Sobral (PTN), mais conhecido como Luizinho Sobral, prefeito da cidade de Irecê, e sua vice, Hisidora Alves (PMDB), tiveram seus mandatos pela Justiça Eleitoral casados nesta quinta-feira (03).

O parlamentar foi acusado por abuso de poder econômico, durante a campanha eleitoral de 2012, onde foi eleito com 51,17% dos votos válidos. De acordo com a Justiça Eleitoral, a coligação “Para seguir em frente”, liderado pelo ex-prefeito Zé das Virgens (PT), é responsável pelo uso indevido de uma rádio e sites locais durante o pleito.

Caso o TRE mantenha a decisão, a administração da cidade deve ser assumida pelo presidente da câmara, e logo após uma nova campanha deverá ser marcada, já que Luizinho foi eleito com mais da metade dos votos válidos.

Em entrevista dada ao portal Bahia Notícias, André Requião Moura,  advogado que defende o prefeito,  afirmou que aguarda a publicação para tomar as medidas cabíveis. “Estamos tranquilos. Caso confirme a decisão, iremos recorrer. Temos a informação extra-oficial, mas se o juiz entender ‘eficácia imediata’, iremos buscar uma decisão junto ao TRE-BA, até para que não ocorra uma alternância de poder antes do julgamento final, inclusive para tranquilizar a população”, declarou. (Varela Notícias)