CqOO9hPWAAAluD4

Foto: Reprodução/ Twitter

Isaquias Queirioz e Erlon de Souza garantiram a prata na disputa dos 1000 metros da canoa dupla (C2). Os brasileiros dominaram a prova toda, mas nos metros finais os alemães Sebastian Brendel e Jan Vandrey conseguiram passar à frente para ficar com o ouro. A medalha de bronze terminou com os ucranianos Dmytro Ianchuk e Taras Mishchuk. Essa é a terceira medalha de Isaquias no Rio 2016 depois da prata nos 1000m da canoa individual (C1) e do bronze nos 200m da canoa individual (C1). O canoísta de 22 anos tornou-se neste sábado (20) o primeiro atleta brasileiro a acumular três pódios em uma mesma edição da Olímpiada. A medalha deste sábado é a primeira de Erlon, que está em sua segunda participação nos Jogos Olímpicos. Em Londres-2012, competindo ao lado de Ronilson Oliveira, o canoísta parou na semifinal da C2-1000m. A medalha de Isaquias e Erlon é a 16ª do Brasil na Rio-2016, mas o país já tem mais dois pódios garantidos (fará neste sábado a decisão do ouro no futebol masculino e no domingo do vôlei masculino), assegurando sua melhor participação na história dos Jogos Olímpicos.

Redação Notícias de Santaluz