Uma mulher de 32 anos morreu na terça-feira (11) enquanto fazia exercícios físicos dentro de uma academia de ginástica em Jequié, no sudoeste da Bahia. Segundo a família da vítima, que trabalhava como professora, uma unidade do Samu chegou a ser deslocada para o local, mas ela não resistiu e morreu ainda dentro da academia.

“Ela estava fazendo exercício físico quando de repente ela foi virando, virando e caiu sem pulso, com o coração parado. Os enfermeiros ainda socorreram, mas não houve jeito”, relata Maria José, mãe da vítima.

A mãe conta que durante a autópsia foi constatado que a filha tinha aneurisma cerebral. “[O médico] diz que ela já tinha apresentado isso desde criança, só que ninguém percebeu. Eu como mãe não tinha percebido. Às vezes ela tinha uma dor de cabeça, tomava analgésico e ficava bem. Parece que com o esforço físico da malhação piorou, mas isso poderia acontecer a qualquer hora, mesmo ela dormindo”, descreve Maria José.

A mulher tinha um filho de sete anos e estudava enfermagem na Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) de Jequié, segundo informou a mãe dela. O sepultamento da professora ocorre na tarde desta quarta-feira (11), no município de Ipiaú. (G1/BA)