A 2ª Promotoria de Justiça de Feira de Santana arquivou o inquérito que apurava as causas da morte de oito pacientes do Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana. As mortes aconteceram em setembro do ano passado, com suspeita de terem ocorrido devido a um curto-circuito na unidade. A decisão do Ministério Público Estadual saiu nesta quinta-feira (6) no Diário da Justiça Eletrônico. O Clériston Andrade atende a demanda de pacientes de 126 municípios próximos à Feira. (Metro1)