release-92.11

Trio foi solto nesta Quinta e vai responder ao processo em liberdade
Foto: Divulgação

Os três homens que estavam presos desde o dia 3 de maio deste ano, após serem flagrados durante uma abordagem policial com 125 kg de dinamite em gel e mais 225 kg de dinamite granulada tiveram liberdade concedida pela Justiça nesta quinta-feira (15). Em nota divulgada à imprensa, a defesa dos acusados informou que Cícero de Jesus, de 33 anos, Aurismar Nascimento dos Santos, de 35 anos e o irmão dele, Jaélcio Evandro dos Santos, de 28 anos trabalham na garimpagem de ouro nas minas existentes nos municípios de Nordestina e Santaluz e são pessoas bastante conhecidas em Nordestina, onde residem. Ainda de acordo com a nota, a prisão em flagrante se deu porque o material explosivo estava sendo transportado sem documentos de autorização do Exército Brasileiro, o que levou a polícia a suspeitar da finalidade de seu uso, diante da onda de explosões que vem ocorrendo em caixas eletrônicos de bancos em todo o Estado da Bahia, tendo os presos justificado a clandestinidade do material pela ausência de legalização da atividade de garimpagem na região, em virtude da lenta burocracia enfrentada no DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral), órgão do Ministério das Minas e Energias, em conjunto com outros órgãos de outros ministérios. O trio vai responder ao processo em liberdade.

Redação Notícias de Santaluz