Por iBahia
policia-federal-pi1-700x260

A medida foi tomada para que haja uma adequação de vagas previstas para deficientes

A Justiça Federal suspendeu o concurso da Polícia Federal (PF) para 600 vagas de agente, aberto desde o mês passado. A medida foi tomada para que haja uma adequação do processo à decisão do Supremo Tribunal Tribunal (STF), do ano passado, que determina a reserva de vagas para pessoas com deficiência em concursos. A suspensão já foi comunicada nos sites oficiais da instituição e do Cespe/UnB, empresa que organiza o concurso. Ainda não foram informadas as providências que devem ser tomadas. Apenas foi divulgado que novas informações serão passadas em breve. A união pode recorrer da decisão. As vagas são para contratação pelo regime estatuário,  com lotação nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato grosso do Sul, Pará,  Rondônia e Roraima, além de unidades de fronteiras. Além da cota de 30 vagas para deficientes, a seleção conta também com 120 vagas reservadas a negros, conforme diz a legislação.