Share Button

Por G1 BA

Redução vale para as sete praças administradas pela Via Bahia | Foto: Reprodução/TV Bahia

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região suspendeu nesta sexta-feira (13) a redução da tarifa de pedágio da BR-116 e da BR-324. A informação foi divulgada pela ViaBahia Concessionária de Rodovias S.A., responsável pela administração da vias.

Segundo a ViaBahia, a suspensão vai ocorrer enquanto estiver pendente de análise, por parte da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), direitos da concessionária previstos no Contrato de Concessão.

A Concessionária informou que tenta dialogar com a ANTT e com o Governo Federal para chegar em uma solução amigável sobre o impasse.

A ANTT informou para a produção da TV Bahia que ainda não foi notificada sobre a suspensão. O Ministério da Infraestrutura afirmou que também não foi comunicado oficialmente sobre a decisão, mas entende que a justiça, ao receber os argumentos técnicos do Governo Federal, vai reverter a decisão.

O Ministério da Insfraestrutura informou ainda que a decisão da ANTT fortalece a regulação e, ao mesmo tempo, busca prestar contas à população.

Na terça-feira (10), a ANTT informou que reduziu em torno de 14% as tarifas de pedágio das rodovias e que os novos valores passariam a valer a partir do próximo sábado (14). A entidade justificou que a redução aconteceu porque a Via Bahia não cumpriu cláusulas contratuais.

De acordo com a ANTT, a redução aconteceria nas sete praças de pedágio da Via Bahia. Com isso, o valor para carros pequenos passaria de R$ 2,90 para R$ 2,40, nas praças de pedágio P1 e P2. Para as praças P3, P4, P5, P6 e P7, o valor sairia de R$ 5,10 para R$ 4,30.

Os trechos administrados pela Via Bahia são a BR-116, entre Feira de Santana até a divisa com Minas Gerais, e BR-324, entre Salvador até Feira de Santana. A concessionária administra também as BAs 526 e 528.