Share Button
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Operários morreram após explosão em mina de ouro na Bahia | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Enquanto policiais civis da 15ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), coordenados pelo delegado Mozart Cavalcanti, deram início a investigação para apurar as causas de uma explosão que deixou dois mortos e três feridos em uma mina de ouro na Fazenda Brasileiro Desenvolvimento Mineral (FBDM), localizada no limite territorial entre os municípios de Barrocas e Teofilândia, região sisaleira da Bahia, na noite de quinta-feira (28), a mineradora Leagold, dona do empreendimento, deu início a suas investigações em paralelo, conforme determina seu Sistema de Gestão de Segurança.

Por meio de nota enviada ao Notícias de Santaluz na manhã desta sexta-feira (1), a empresa canadense informou que colabora com as autoridades policiais e que “está totalmente mobilizada para que o acidente seja investigado e esclarecido o mais breve possível”. A mineradora disse ainda que está dando todo o apoio aos envolvidos e familiares neste momento. Segundo a assessoria de comunicação da Leagold, cinco funcionários estavam na mina subterrânea no momento do acidente.

A empresa afirma que sua equipe de Brigada de Emergência prestou atendimento imediato aos envolvidos, que foram levados para hospitais da região. Entretanto, lamenta a mineradora, dois deles morreram. Os trabalhadores mortos foram identificados como Leomar Brito Cordeiro e Murilo Souza de Oliveira, ambos moradores da cidade de Serrinha, distante cerca de 22 quilômetros de Teofilândia. Os outros três funcionários foram atendidos e estão estáveis.

Segundo as primeiras informações apuradas pela Polícia Civil, a explosão ocorreu durante o terceiro turno de trabalho de operários da mina. No momento do acidente, era feito o carregamento de frente, termo utilizado para preparação do local de detonação de uma determinada área para retirada de minério. Contudo, segundo a polícia, houve uma explosão de dinamite não programada.

Confira a íntegra da nota enviada ao Notícias de Santaluz pela Leagold

Leagold e Fazenda Brasileiro Desenvolvimento Mineral (FBDM) lamentam profundamente informar a ocorrência de um acidente na mina subterrânea, na noite do dia 28/02/19, envolvendo explosivos.

Estavam nessa atividade cinco funcionários, que receberam atendimento imediato, prestado pela Brigada de Emergência da empresa, com subsequente transferência para hospitais. Infelizmente, dois deles vieram a falecer. Três funcionários foram atendidos e estão estáveis. A FBDM está dando todo o apoio aos envolvidos e familiares neste momento.

As autoridades policiais e instituições foram acionadas para avaliação da situação e a FBDM está totalmente mobilizada para que o acidente seja investigado e esclarecido o mais breve possível.
Ressaltamos que uma equipe da empresa também está investigando o ocorrido, conforme determina seu Sistema de Gestão de Segurança.

A Leagold, FBDM e seus funcionários prestam as mais sinceras condolências às famílias dos colegas vitimados pelo acidente.

Notícias de Santaluz