Share Button

Por Uol

Imagem: Reprodução/SanAngelo Live

O líder de um movimento antimáscaras nos Estados Unidos, Caleb Wallace, morreu de Covid-19. A notícia foi publicada em uma página de campanha virtual criada para arrecadar fundos com intuito de pagar os custos de saúde Caleb, que estava internado com a doença desde o dia 30 de julho.

“Caleb morreu em paz. Ele viverá para sempre em nossos corações e mentes”, escreveu a mulher dele na página da campanha.

Caleb, que residia em San Angelo, no Texas, foi o fundador do grupo “The San Angelo Freedom Defenders” (Defensores da Liberdade de San Angelo, em tradução livre). Ele chegou a organizar um comício antimáscaras no dia 4 de julho do ano passado, chamado “The Freedom Rally”. Mais tarde, em dezembro, publicou uma mensagem na página oficial do grupo defendendo que as máscaras não eram eficazes para prevenir contra a Covid-19.

Segundo o Huffington Post, Caleb começou a sentir os sintomas da Covid no dia 19 de julho deste ano, mas a esposa afirmou que ele se recusou a fazer o teste e começou a se medicar por conta própria com aspirina, zinco, vitamina C e ivermectina, medicamentos que não têm comprovação científica em relação à doença.

“Ele era tão teimoso”, disse Jessica ao San Angelo Standard-Times. “Ele não queria ver um médico, porque não queria fazer parte das estatísticas com os testes da Covid-19”.

Caleb deixa três filhas e a mulher, grávida de uma quarta criança, cujo nascimento está previsto para setembro.