Bahia Notícias
xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.uYdsaxfFDP

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

O ex-presidente Lula afirmou que “não tem medo de ser preso”. Em entrevista, nesta quinta-feira (5), ao SBT, Lula afirmou achar normal que tudo seja investigado, pois “isso é resultado de 12 anos de governo que permitiu criar os mecanismos de transparência”. “Eu não temo ser preso, pois eu duvido que tenha alguém nesse país, do pior inimigo ao melhor amigo, que diga que teve conversa comigo ilícita. Tenho consciência tranquila”, afirmou. Ainda de acordo com Lula, ele nunca foi alertado sobre a corrupção na Petrobras. “Eu não fui alertado pela imprensa, nem pela Polícia Federal, nem fui pelo Ministério Público. E eu fui o presidente que mais visitou a Polícia Federal. Nunca ninguém me disse lá que tinha um corrupto. Isso você só descobre quando a quadrilha cai ou alguém fala”, sugeriu. Ainda para o petista, hoje, vive-se em uma república da “suspeição”. “Eu fico imaginando quantas pessoas usaram meu nome. Meu filho tem avião, tem todos os bois da Friboi. As pessoas inventam todo tipo de coisa. Você não sabe quantos desmentidos faço por dia. Nem tudo que um delator fala tem veracidade”, concluiu. Na primeira parte da entrevista, o ex-presidente criticou a política econômica e aconselhou a liberação de crédito.