Share Button

Por Folhapress

Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse neste domingo (29) que tratar de voto impresso “coloca em xeque” o atual sistema eleitoral, que ele considera “muito seguro”. Pela manhã, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que historicamente defende o voto em cédula de papel, disse que o voto impresso é uma “necessidade”. “Essa mistura acaba gerando uma insegurança num sistema que é muito seguro. Eu, por exemplo, fui sempre defensor de uma amostragem do voto impresso. Mas tratar desse assunto agora significa colocar em xeque um sistema que tem dado certo e que é muito seguro”, disse Maia. “Eu, por enquanto, acho que este assunto não deveria estar na pauta. Apesar de ter sempre defendido alguma amostragem do voto impresso no Brasil”, afirmou o presidente da Câmara.