Share Button
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis de todo país deflagraram, na manhã desta sexta-feira (24), a Operação Cronos, com o intuito de cumprir mandados contra suspeitos de homicídios e feminicídios. De acordo com informações da Polícia Civil, a ação que contou com equipes de todos os departamentos da Polícia Civil da Bahia, resultou na prisão de 55 suspeitos e na apreensão de um adolescente. Dentre os presos, 35 foram pela prática de homicídio, cinco por crimes relacionados à Lei Maria da Penha, além de um por feminicídio.

Na operação, criminosos ainda foram autuados em flagrante por outros crimes. Os mandados de prisão, busca e apreensão foram cumpridos em  mais de 250 municípios baianos, além da capital e região metropolitana.  Durante as diligências, foram apreendidas drogas. 

O título da operação se relaciona com a cronologia da vida e foi definido pelo Ministério da Segurança Pública com o Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil (CONCPC). Ainda de acordo com a polícia, a operação está em sua primeira fase e segue até a finalização do cumprimento dos mandados. Até o momento, 1.027 pessoas foram presas em todo país. 

Os alvos da Cronos foram definidos a partir de um trabalho investigativo realizado pelo Departamento de Inteligência Policial (DIP), em conjunto com os departamentos de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Polícia Metropolitana (Depom), de Polícia do Interior (Depin) e Polícia Interestadual (Polinter). No total, 578 policiais estiveram envolvidos na operação.

Notícias de Santaluz