Marina é uma das presidenciáveis

A ex-senadora Marina Silva disse nesta segunda-feira (22) que buscaria o auxílio dos ex-presidentes Lula e (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB) para ter governabilidade no Congresso, caso a sua chapa vencesse a disputa pelo Palácio do Planalto no próximo ano. “Eu não teria nenhum problema, como aliada a Eduardo [Campos] e se ele ganha as eleições, de conversar com Lula e Fernando Henrique para que a gente possa pôr um basta nesse terror que virou hoje a governabilidade com base em distribuição de pedaços do Estado”, afirmou, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura. Apesar do comentário, Marina destacou que o tucano foi “tutelado” por Antonio Carlos Magalhães (DEM) e o petista pelo senador José Sarney (PMDB). Potencial candidata à Presidência da República, a ex-senadora tem feito uma série de críticas ao modelo de presidencialismo de coalizão adotado desde a redemocratização. (BN)