Acorda Cidade
1435687729foto_hec

Foto: Ascom/Sesab

Os médicos do Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana, iniciaram nesta segunda-feira (4) uma paralisação por tempo indeterminado. Conforme informações divulgadas pelos médicos, estão sendo realizados apenas atendimentos de casos graves com risco de morte na emergência pediátrica e estarão suspensas as seguintes atividades: consultas ambulatoriais nas diversas especialidades pediátricas; consultas ambulatoriais de Ortopedia; transferência de pacientes de outras unidades no estado para UTIs pediátrica e Neonatal e para a emergência do HEC. Em carta aberta, a classe informa que o corpo clínico de médicos do HEC encontra-se com salários atrasados que remontam a três meses sobre os serviços prestados em julho de 2012, maio de 2015 e maio de 2016, que estão em aberto sem a contrapartida salarial obrigatória por parte da administração do hospital. A paralisação das atividades será encerrada quando todos os salários forem regularizados.