Do G1 AM
cartacrianca

Trechos da carta escrita pela vítima | Foto: Reprodução

Uma carta foi a maneira encontrada por uma menina de 12 anos de contar à mãe sobre os estupros sofridos pelo próprio pai, dentro da casa da família. O pedido de socorro foi entregue para policiais militares da Zona Leste de Manaus , e o homem foi preso, em flagrante, na noite de terça-feira (21). No relato, a criança conta que os estupros ocorriam há algum tempo e que já havia escrito uma outra carta para a mãe, mas não teve coragem de entregar. No texto, ela pede ajuda. O tenente B. Chaves, da 4ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), contou ao G1 que foi abordado pela menina e pela mãe, ambas abaladas. Após ouvir o relato das duas e ler o conteúdo da carta, uma viatura foi até a casa da família e o homem foi preso, em flagrante. A menina contou à polícia que foi vítima de mais um estupro na tarde de terça e por isso decidiu escrever uma carta para a mãe. “Ela sentia vergonha, tinha medo. Ela pedia perdão porque na cabeça dela estava traindo a própria mãe”, disse o policial. Segundo a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), o homem tem 34 anos, é industriário durante o dia e de noite faz bicos como mototaxista. Na delegacia, o pai negou as acusações da filha. A menina foi encaminhada para exames no Instituto Médico Legal (IML). O laudo, segundo a assessoria da Polícia Civil, confirmou os abusos. O pai da criança foi autuado por estupro de vulnerável e deve ser encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa.