Os idealizadores do grupo Mídia Ninja, Bruno Torturra e Pablo Capilé, que ficou conhecido após transmitir em tempo real nas redes sociais a onda de protestos pelo país, foram os entrevistados do programa Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira (5). Eles falaram sobre a crise no atual modelo de jornalismo e a posição junto a partidos políticos e movimentos sociais que estiveram nas manifestações.

Durante a entrevista, Pablo disse várias vezes que o Mídia Ninja existe há 10 anos, e que cerca de duas mil pessoas fazem parte dele em todo o país, movimentando “R$ 3 a R$ 5 milhões”. (Metro1)

Confira abaixo a entrevista na íntegra!