Share Button

Foto: Divulgação

O Ministério da Agricultura declarou o estado do Acre como ‘área sob quarentena’ para a praga Monilíase do Cacaueiro (Moniliophthora roreri). A medida consta numa portaria publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (5). Detectada pela primeira vez no Brasil no mês de julho deste ano, em área urbana do município de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, a monilíase é uma doença devastadora que afeta, principalmente, plantas como o cacau e o cupuaçu, causando perdas na produção e uma elevação nos custos devido à necessidade de medidas adicionais de manejo e aplicação de fungicidas para o controle da praga. A doença atinge somente as plantas hospedeiras do fungo, sem riscos de danos à saúde humana. Na América do Sul, a praga já se encontra presente no Equador, Colômbia, Venezuela, Bolívia e Peru. O Ministério da Agricultura alerta que, devido ao seu potencial de danos às culturas que atinge, “é de fundamental importância a notificação imediata de quaisquer suspeitas de ocorrência da praga nas demais regiões do país às autoridades fitossanitárias locais.”

Notícias de Santaluz