Share Button

Foto: Walterson Rosa/MS

O ministério da Saúde realizou, em parceria com o governo do Distrito Federal, no último fim de semana um projeto-piloto com a testagem de 200 voluntários no estacionamento da Feira dos Importados, em Brasília.

A ação marcou o início da implementação do Plano Nacional de Testagem, estratégia de triagem de casos de Covid-19 que será realizada em todo o país.

“O ministério da Saúde vai adquirir com a Fiocruz cerca de 60 milhões de testes. Até o fim do mês, iremos distribuir 4 milhões de testes aos estados. Nós temos que ter os resultados na base de dados do ministério da Saúde para acompanhar o caráter epidemiológico da pandemia de forma eficiente”, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Foto: Walterson Rosa/MS

Segundo o ministério da Saúde, Caroline Rios Matos, de 42 anos, estava chegando na feira com amigos quando foi abordada pela equipe de testagem. Ela imediatamente aceitou participar do projeto e convenceu os amigos a serem testados. “Ninguém testou positivo, mas se estivesse contaminado seria melhor saber, né? Agora vou pra feira ainda mais tranquila”, disse.

“Precisamos aumentar a quantidade de eventos assim na cidade para que quem esteja contaminado descubra e fique em casa cumprindo os protocolos necessários para evitar a contaminação”, afirmou Leandro Rodrigues Andrade, de 44 anos, ainda segundo o ministério.

Testagem da população

Foto: Walterson Rosa/MS

Para o Ministério da Saúde, uma estratégia de testagem sistemática e abrangente é fundamental para identificar casos sintomáticos e assintomáticos na população geral e em grupos vulneráveis.

Além disso, conforme o órgão, serve de base para orientar a implementação de medidas de controle da circulação do vírus, já que as informações obtidas por meio da análise dos dados coletados poderão subsidiar os gestores no planejamento de abordagens semelhantes e na adoção de medidas adicionais para conter a doença.

“A testagem é parte essencial na estratégia de controle da transmissão da Covid-19 porque auxilia na detecção dos cidadãos infectados. Além disso, a medida possibilita a implementação de estratégias para diminuir a circulação do vírus evitando assim maior contaminação”, ressaltou o ministério.

Notícias de Santaluz