images-cms-image-000460809

Foto: Divulgação

Após descartar a distribuição de repelentes a todas as grávidas, o Ministério da Saúde anunciou, nesta segunda-feira (25), que as gestantes que participam do programa Bolsa Família receberão gratuitamente o produto para que possam se proteger do mosquito Aedes egypti, que transmite o Zika vírus, apontado como responsável pelos casos de microcefalia que têm sido registrados no país desde o fim do ano passado. O ministro da Saúde, Marcelo Castro, afirmou ainda, segundo a Agência Brasil, que se reunirá nesta quarta (27) com os fabricantes de repelentes para estudar a viabilidade de fornecer a quantidade necessária. O governo trabalha com o número médio de 400 mil gestantes em todo o país. “Às demais pessoas, recomendamos que usem os repelentes. São produtos seguros, registrados e aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e as pessoas podem comprar em farmácias para usar”, ressaltou. Castro se reuniu com outros ministros e a presidente Dilma Rousseff para discutir ações de exterminação do mosquito.