WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

Gil Lingerie e Confecções


Monte Santo: criminosos sequestram mulher e filhos de subgerente de banco

10/08/2016 10h59 – Atualizado em 10/08/2016 12h52

72a8fec6-a2d5-4442-9ee9-a827d5c56948

Foto: Leitor do Notícias de Santaluz

Familiares de um funcionário da agência bancária do Bradesco da cidade de Monte Santo foram sequestrados por criminosos na manhã desta quarta-feira (10). De acordo com informações da Polícia Civil local, as vítimas seriam a esposa e dois filhos do subgerente da agência, além de outra pessoa que estava com eles. As vítimas foram rendidas na casa onde moram. As primeiras informações chegadas à polícia davam conta de que criminosos armados teriam invadido a agência e mantido reféns, entre eles o funcionário. A Polícia Militar informou que foi acionada por volta das 9h e cercou o prédio onde fica o banco, mas constatou em seguida que não havia bandidos no local.

Ainda de acordo com informações da Polícia Civil, os sequestradores pediram ao subgerente que fosse a até a agência e sacasse uma quantia para pagar como resgate. Os outros funcionários perceberam que o homem estava nervoso e acionaram a polícia, que conseguiu acalmá-lo e passou a monitorar os bandidos. Em seguida, o subgerente permaneceu na agência bancária enquanto equipes das polícias Civil e Militar local iniciaram as buscas pelos criminosos, com o apoio de guarnições da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto) de Euclides da Cunha e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe). Os criminosos liberaram a mulher, os filhos e um parente do subgerente somente por volta do meio-dia, nas proximidades do povoado de Bendegó, pertencente ao município de Canudos. Os assaltantes fugiram sem conseguir levar o dinheiro e continuam sendo procurados pela polícia. 

Redação Notícias de Santaluz

2 respostas para “Monte Santo: criminosos sequestram mulher e filhos de subgerente de banco”

  • JOSE PLINIO DE OLIVEIRA disse:

    A crise política, moral, econômica, social, escolar e espiritual que assola o Brasil, INFELIZMENTE, vai refletir nesses episódios. Estou lendo neste momento que uma criança que desde o início da reflexão humana é testemunha das atrocidades perpetradas pelos poderes públicos, por exemplo: sabe que na escola que frequenta há alunos fantasmas, ex coleguinhas, cujos nomes são manipulados pelos poderes públicos para justificar repasses de recursos para a “educação”. Adolescentes e jovens que podem ter sido transformados em “menores infratores”, encontrando-se recolhidos a unidades penais da Fundação Casa em São Paulo ou então já terem sido mortos pela ROTA, ou por facções rivais de grupos a que se integram nas grandes megalópoles urbanas. Entretanto, têm os seus nomes registrados em diários de classes de escolas municipais do sertão baiano, de onde suas famílias migraram em busca de melhores condições de subsistência humana, para justificar práticas hediondas de corrupções. Este é somente um tênue exemplo. ESTOU LENDO TEXTOS CIENTÍFICOS AGORA QUE ARGUEM OS GESTORES MUNICIPAIS NA SEGUINTE PERSPECTIVA: PODE UMA CRIANÇA ASSIM EXPLORADA DESDE A JUVENTUDE À VIDA ADULTA NÃO TRANSFORMAR-SE EM BANDIDO PERIGOSO?

    José Plínio de Oliveira

  • Francisco Borges disse:

    Boa tarde graça Deus tudo está em paz

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia