suspeito_seringa

Homem informou que havia encontrado seringa no lixo e seu conteúdo era café | Foto: Reprodução

O homem conduzido à 11ª Delegacia Territorial (DT), em Salvador, nesta quarta-feira (19), por uma guarnição da 48ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), depois de ser flagrado com uma seringa, no interior da Estação Pirajá, foi ouvido pelo delegado Israel Aristides de Carvalho, e liberado em seguida. De acordo com a Polícia Civil, o morador de rua, que aparenta ter problemas mentais e não portava documentos, negou que pretendia atacar alguém na estação. Além de um segurança, duas mulheres que estavam na plataforma da estação foram ouvidas naquela unidade, na condição de testemunhas, e negaram terem visto qualquer menção por parte homem em atacar alguém. Ainda de acordo com a polícia, nenhuma das pessoas que registraram queixas de ataques com seringas nas delegacias do Bonfim e Barris compareceu à 11ª DT para reconhecer o suspeito. A seringa foi encaminhada ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) para que seu conteúdo seja analisado. Ao ser questionado, o homem informou que havia encontrado o objeto no lixo e seu conteúdo era café.

Redação Notícias de Santaluz