Morre Ariel Sharon

O ex-premiê israelense Ariel Sharon morreu neste sábado (11), aos 85 anos, em Tel Aviv, segundo o hospital em que ele estava internado. O quadro de saúde do ex-premiê vinha apresentando uma piora acentuada desde o início do ano. Segundo os médicos, ele apresentava uma insuficiência renal que afetou outros órgãos vitais. Segundo o G1, Sharon estava em condição vegetativa desde o derrame que sofreu em janeiro de 2006, quando ainda comandava o governo. Ex-general e líder da direita, com fama de “falcão”, Ariel Sharon era um personagem impetuoso e tenaz, com físico imponente e humor mordaz, pouco cuidadoso com o financiamento das campanhas eleitorais. Ele surpreendeu e colocou sob suspeita o sonho do “Grande Israel” ao executar, como primeiro-ministro, a saída militar israelense do território palestino da Faixa de Gaza em 2005, de maneira unilateral, após 38 anos de ocupação. Antes de revolucionar o panorama político israelense, foi o braço direito do fundador histórico da direita nacionalista, Menahem Begin, que chegou ao poder em 1977. Com informações do G1.