Do G1 BA
carnaval_OTg1VEQ

Mulheres são 57% dos pacientes atendidospor alcoolemia | Foto: Divulgação/Agecom

As mulheres lideram os atendimentos por alcoolemia no carnaval de Salvador. Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde e apontam que, do total de 515 ocorrências registradas até esta terça-feira (9), 57% dos pacientes atendidos por excesso de álcool são do sexo feminino. No geral, houve um decréscimo de 12% do número total deesse tipo de ocorrência quando comparado ao mesmo período do ano passado. Uma das razões para isso, segundo a secretaria, foi a intensificação da fiscalização sobre bebidas que são proibidas pela presença de alucinógenos nas fórmulas (substâncias capazes de provocar alucinações). Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os dados reforçam uma pesquisa do Ministério da Saúde, realizada em 2011, que revelou Salvador como a capital brasileira onde mais se consome bebidas alcoólicas em excesso, principalmente entre as mulheres. De acordo com o estudo, as soteropolitanas são as que mais bebem em todo o país e os homens ocupam o segundo lugar deste ranking nacional. Além disso, a secretaria lembrou que um dos últimos estudos feitos sobre o assunto no Brasil, pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) apontou que em seis anos, entre 2006 e 2012, o número de mulheres que bebem álcool subiu de 29% para 39%.