Presidente da Câmara citou a criação do Fundo Nacional do Semiárido entre as prioridades para 2014 | Foto: Divulgação

Em pronunciamento de cinco minutos, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), prometeu na noite desta quarta-feira (25), em cadeia nacional de rádio e TV, colocar em discussão no ano que vem o fim da reeleição para cargos do Executivo e o fim do voto obrigatório no País. As duas propostas constam de um projeto de reforma política formulado neste ano na Câmara. O texto é uma resposta dos parlamentares à tentativa frustrada da presidente Dilma Rousseff de realizar um plebiscito sobre mudanças no modelo eleitoral brasileiro. Para 2014, além da votação da reforma política, o presidente da Câmara citou entre as prioridades a criação do Fundo Nacional do Semiárido, entre outros projetos.

Redação Notícias de Santaluz