PM, esposa e amante abusavam de crianças | Foto: Reprodução

“Não tinha escolha, minha mãe não falava nada, só pedia para ‘mim’ (sic) não falar nada. Eu não vou perdoar a minha mãe nunca. Que ela apodreça na cadeia, ela e ele, os dois”, desabafou nesta terça-feira (18) a adolescente de 15 anos que sofreu abuso sexual da mãe, de um policial militar e da esposa dele, na cidade de Riachão das Neves, no oeste da Bahia. Mais quatro de seus irmãos foram violentados pelo grupo. A esposa do PM, que é pedagoga, é a única dos suspeitos já presos. A mãe das vítimas e o policial militar estão foragidos. Centenas de pessoas saíram às ruas da cidade em protesto emocionado em prol dos irmãos, que têm 6, 9, 12, 14 e 15 anos. De acordo com a polícia, os três formavam uma espécie de triângulo amoroso e abusavam das crianças, todas filhas da amante, em orgias. Diversos materiais pornográficos, inclusive com cenas de sexo entre o trio e os menores, foram encontrados na residência do policial militar e também em sua fazenda. Todo o material apreendido foi enviado para ser periciado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), em Salvador. Com informações do G1.