Share Button

Por G1

Foto: Nasa

Foto: Nasa

Dois estudos publicados nesta segunda-feira (26) na revista científica “Nature Astronomy” apontam a existência de moléculas de água na superfície lunar. Os anúncios são a confirmação de indícios já levantados por pesquisadores desde a década passada. A primeira pesquisa foi conduzida pela Nasa, agência espacial dos Estados Unidos, que relatou ter localizado moléculas de água presas em grãos minerais. A descoberta foi feita na face da Lua que recebe a iluminação do Sol e foi apontada como a “prova química” da existência de água na superfície lunar. A pesquisadora Casey Honniball, principal autora do estudo da Nasa, destaca que a detecção feita em sua pesquisa não é de água em forma de gelo. “São apenas as moléculas de água – porque estão tão espalhadas que não interagem umas com as outras para formar gelo ou estar na forma líquida”, disse. Segundo o estudo, trata-se da primeira vez em que um grupo de pesquisadores foi capaz de diferenciar a molécula H2O (a fórmula química da água) de outro composto químico (hidroxila, OH).