IMAGEM_NOTICIA_5 (3)

Foto: Reprodução / Facebook

O noivo da professora de inglês, morta em Riachão do Jacuípe, no domingo (3), passou por exame de corpo de delito. O procedimento faz parte das investigações sobre o assassinato de Ienata Rios, de 35 anos, a golpes de faca. Cássio Fabrício de Almeida, de 30 anos, noivo da vítima, estava com um ferimento do lado direito da testa quando depôs à polícia. Segundo o Correio24horas, ele não soube explicar como teria acontecido o ferimento. Cássio e Ienata estavam juntos há três anos e costumavam se ver em fins de semana e feriados. Ainda no depoimento, Almeida disse que não passou o fim de semana com Ienata por conta do aniversário do filho dele, e que o último contato com a noiva foi no sábado (2), pelo WhatsApp por volta das 18h, mas que não teve resposta. O corpo de Ienata Rios foi sepultado nesta terça-feira (5) em Pé de Serra, também na Bacia do Jacuípe. Laudos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) são aguardados para a continuação das investigações do caso.