574834_121370164697330_1237203618_nSeis anos depois de ter sido ordenado padre, Gerônimo Moreira, de 33 anos, decidiu renunciar o ministério sacerdotal. O pároco de Nova Fátima (Paróquia Nossa Senhora da Conceição) comunicou a decisão aos fiéis, no domingo (25). Na origem da decisão, segundo o sacerdote, está o amor por uma jovem de 22 anos com quem se envolveu e quebrou o voto do celibato.

A jovem e o padre estabeleceram uma forte amizade desde 2007, motivo que levou o padre a apresentar nesta segunda-feira (26) ao bispo da diocese de Serrinha, Dom Ottorino Assolari, o pedido de dispensa dos deveres do Estado clerical.

Em nota pública postada em um site de relacionamento, o religioso anunciou que a jovem está grávida e que vai assumir a paternidade. “Com o tempo fui observando que na nossa amizade tinha algo a mais: o amor, mas sempre procuramos deixá-lo só no nível da amizade, pois dizia que, se por acaso eu percebesse que, não conseguiria manter o celibato deixaria antes o ministério para não escandalizar a comunidade. Mas por ironia do destino não aconteceu como eu pensava e nos envolvemos concretamente e hoje ela está grávida e eu quero assumir a paternidade”, declarou em nota.

Ainda em nota, o padre pediu perdão aos fiéis e diz que aguarda a autorização do papa Francisco para casar-se na igreja e participar dignamente da Sagrada Comunhão. (Informações Clériston Silva)

Leia a Carta