imagem_noticia_5

Foto: Reprodução/ WSJ

Em negociação para fechar acordo de delação premiada, os advogados da Odebrecht e o Ministério Público Federal (MPF) negociam as penas que cada um dos delatores deve receber. Segundo informações da coluna do jornalista Lauro Jardim, entre 50 e 60 executivos e ex-executivos podem ser envolvidos para prestarem depoimento na Operação Lava Jato. Caso aceitem o acordo, os delatores terão direito a redução nas suas condenações por crimes no esquema de corrupção na Petrobras. Nesta terça-feira (4), a Odebrecht recebeu do MPF documentos que indicam qual pena Marcelo Odebrecht e os demais executivos da empresa devem cumprir. Ainda de acordo com o jornalista Lauro Jardim, na semana que vem o acordo de delação premiada pode estar pronto para homologação.