Aldo Matos/Acorda Cidade | Trânsito ficou congestionando no sentido Feira de Santana/Salvador

Um ônibus  da empresa Novo Horizonte com 40 índios capotou na manhã  desta segunda-feira na BR-324, depois do pedágio de Amélia Rodrigues. Mais de 12 pessoas ficaram feridas e foram socorridas para o Hospital Geral Cleriston Andrade em cerca sete ambulâncias.

De acordo com funcionário da Funai (Fundação Nacional do Índio), Domingo Andrade, as vitimas saíram de Cabralia com destino a Salvador para participar de uma reunião no CAB quando houve o acidente.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o índio da tribo Tupinambá, Boaventura Ribeiro,  disse que o motorista  João Evangelista  Caire foi fechado por um veículo Hillux e ao tentar desviar para evitar a colisão, perdeu o controle no acostamento e capotou.  Atrás vinha outro ônibus com índios das tribos Tupinambá e Pataxós.

Por conta do acidente o trânsito ficou congestionando no sentido Feira de Santana/Salvador. (Acorda Cidade)